Abordagem da alergia a proteína do leite de vaca com exposição a proteína assada

18 de outubro de 2018

Abordagem da alergia a proteína do leite de vaca com exposição a proteína assada

 

– A maioria das crianças com alergia ao a proteína do leite de vaca apresenta tolerância na evolução, mas hoje estima-se que apenas metade faz isso até os 5 anos de idade (previamente o indice de resolução/tolerância era maior). Estudos mostram que, para pacientes que toleram leite extensamente aquecido e cozido, como em muffins e biscoitos, o consumo regular pode acelerar a resolução da alergia alimentar.

– Recente estudo publicado no periódico Journal of Pediatrics reforçou o conceito de que consumo regular de leite em produtos assados ​​acelera a resolução da alergia ao leite.

– Esse estudo retrospectivo de caso-controle, com 43 crianças menores de 4 anos (idade média de 17 meses) com alergia ao leite de vaca que que eram capazes de tolerar a proteína assada foram avaliadas em um protocolo estruturado de exposição gradual:  foram submetidas a um desafio oral a cada 3 meses com um biscoito assado, panqueca frita, queijo cozido e, por fim, iogurte, e foram seguidas até uma idade mediana de 40 meses. Para a análise, foram pareadas com 67 controles com alergia ao leite de vaca que realizaram dieta estrita com exclusão da proteínas em todas as formas de preparo e foram seguidos até uma idade média de 70 meses. A idade média de tolerância ao leite, definida como consumo livre de sintomas de 250 mL de leite de vaca sem aquecimento, foi de 36 meses no grupo de exposição a proteína assada e de 98 meses no grupo controle. Ao final do estudo, 86% das crianças no grupo de exposto a proteína assada tinham superado sua alergia ao leite, em comparação com 52% dos controles. 37% dos pacientes no grupo de exposição tiveram reações alérgicas; embora a maioria fosse leve, 2 pacientes necessitaram de epinefrina.

– O estudo concluiu que a maioria das crianças alérgicas ao leite pode tolerar a exposição, sugerindo que as crianças devem ser encorajadas a consumir produtos assados ​​contendo leite regularmente.

 

REFERENCIA:
Efron A et al. A structured gradual exposure protocol to baked and heated milk in the treatment of milk allergy. J Pediatr 2018 Sep 27; [e-pub]. (https://doi.org/10.1016/j.jpeds.2018.07.091)