A profilaxia universal para a conjuntivite gonocócica neonatal ainda é necessária?

14 de fevereiro de 2019

A profilaxia universal para a conjuntivite gonocócica neonatal ainda é necessária?

 

  • Recem nascidos filhos de mães com infecção gonocócica não tratada têm um risco de 30% a 50% de desenvolver conjuntivite gonocócica, que pode causar complicações, incluindo cicatrizes oculares e cegueira. A triagem pré-natal e o tratamento de mulheres infectadas, assim como a profilaxia infantil rotineira, reduziram a incidência de conjuntivite gonocócica nos últimos anos para 0,4 casos por 100.000 nascidos vivos. Esta baixa incidência requer cuidados pré-natais eficazes para identificar mulheres infectadas, mas também profilaxia para crianças nascidas de mulheres que foram perdidas ou que foram reinfectadas após a triagem inicial.

 

  • Canadá, Reino Unido e vários outros países europeus não recomendam mais a profilaxia universal infantil, baseando-se em estratégias agressivas de triagem e tratamento materno.

 

  • A “U.S. Preventive Services Task Force”  (USPSTF) encomendou uma revisão sistemática para avaliar se surgiram novas evidências que mudariam sua recomendação de grau A para profilaxia infantil universal para conjuntivite gonocócica. A revisão de 282 citações e 6 artigos completos publicados entre 2008 e 2018 não revelaram dados adicionais que apoiassem a mudança na recomendação atual.

 

  • Esta revisão reafirma a recomendação de que todos os recém-nascidos recebam profilaxia, que de escolha é realizada com a pomada oftálmica de eritromicina. Nos EUA, esta documentado um recente aumento da incidência de infecções por gonorréia. No Brasil, em muitos hospitais a profilaxia ainda é realizada com nitrato de prata.

 

REFERENCIA:

– US Preventive Services Task Force. Ocular prophylaxis for gonococcal ophthalmia neonatorum: US Preventive Services Task Force reaffirmation recommendation statement. JAMA 2019 Jan 29; 321: 394. (https://doi.org/10.1001/jama.2018.21367)

– Guirguis-Blake JM et al. Ocular prophylaxis for gonococcal ophthalmia neonatorum: Updated evidence and systematic review for the US Preventive Services Task Force. JAMA 2019 Jan 29; 321: 404. (https://doi.org/10.1001/jama.2018.17847)

– Deborah Lehman, MD reviewing US Preventive Services Task Force. JAMA 2019 Jan 29 Guirguis-Blake JM et al. JAMA 2019 Jan 29