Diretrizes de Atividade Física (2018)

27 de fevereiro de 2019

Diretrizes de Atividade Física do Comitê Consultivo de Diretrizes de Atividade Física do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA

 

–  As diretrizes sobre atividade física foram divulgadas em novembro de 2018 pelo Comitê Consultivo de Diretrizes de Atividade Física e são assim resumidas:

* Crianças com 3-5 anos de idade: devem estar fisicamente ativas durante todo o dia para aumentar o crescimento e o desenvolvimento.

* Crianças com idade entre 6 e 17 anos: Sessenta minutos ou mais de atividade física moderada a vigorosa por dia.

* Adultos: Pelo menos 150-300 minutos por semana de atividade física aeróbica de intensidade moderada, OU 75-150 minutos por semana de atividade física aeróbica de intensidade vigorosa, ou uma combinação equivalente de atividade aeróbica de intensidade moderada e vigorosa; atividades de fortalecimento muscular devem ser realizadas em dois ou mais dias por semana.

* Idosos: Atividade física multicomponente para incluir treinamento de equilíbrio, atividade aeróbica e atividade de fortalecimento muscular.

* Gestantes e puérperas: pelo menos 150 minutos de atividade aeróbica de intensidade moderada semanalmente.

* Adultos com condições crônicas ou deficiências capazes de: Seguir as principais diretrizes e realizar atividades de fortalecimento aeróbico e muscular.

– Fortes evidências demonstram que a atividade física de moderada a vigorosa melhora a qualidade do sono diminuindo o tempo necessário para adormecer; também pode aumentar o tempo de sono profundo e diminuir a sonolência diurna.

– Episódios de atividade física, ainda que únicos,  promovem melhorias na função executiva, como organização das atividades diárias e o planejamento futuro, alem da cognição – memória, velocidade de processamento, atenção, desempenho acadêmico.

– A atividade física regular reduz o risco de depressão clínica, bem como reduz os sintomas depressivos e os sintomas de ansiedade. Fortes evidências demonstram que a atividade física regular melhora a percepção de qualidade de vida.

–  A atividade física regular minimiza o ganho excessivo de peso, ajuda a manter o peso dentro de uma faixa saudável, melhora a saúde dos ossos e previne a obesidade, mesmo em crianças de 3 a 5 anos.

– Demonstrou-se que a atividade física regular melhora a função cognitiva e reduz o risco de demência; quedas e lesões relacionadas com a queda; e cânceres de mama, esôfago, cólon, bexiga, pulmão, endométrio, rim e estômago. Também ajuda a retardar a progressão da osteoartrite, diabetes tipo 2 e hipertensão.

– Programas baseados na escola e na comunidade podem ser eficazes. Mudanças ambientais e políticas devem melhorar o acesso à atividade física e apoiar o comportamento da atividade física. A tecnologia também podem ser usadas para promover atividade física, incluindo monitores de atividades, aplicativos para smartphones, dentre outros.