Oligossacarídeos do leite humano

16 de março de 2020

Oligossacarídeos do leite humano

  • O leite materno contém várias moleculas bioativas benéficas que conferem imunidade.
  • Os oligossacarídeos do leite humano (em ingles “oligosaccharides in human milk” e abreviados como HMO) promovem a função imunológica saudável via modulação da microbiota.
  • Tratam-se de carboidratos  de cadeias curtas não digeríveis, contendo 3 a 22 unidades de sacarídeos. Esses carboidratos não são absorvidos, mas servem como combustível prebiótico para Bifidobacterias e Bacteroides, 2 espécies bacterianas altamente benéficas no microbioma infantil.
  • Esses organismos contribuem para a função imune por vários mecanismos, inclusive competindo com patógenos por locais de ligação com o epitelio e produzindo subprodutos metabólicos que aprimoram a expressão das “tight junctions” e fortalecem a função da barreira intestinal.
  • Subprodutos bacterianos também influenciam a expressão gênica de receptores toll-like, fator de necrose tumoral (TNF)-α, interferon (IFN)-γ e outras citocinas.
  • Dessa forma, muitos oligossacarídeos do leite humano ajudam a manter as populações dessas bactérias benéficas. Eles podem ainda inibir diretamente as bactérias patogênicas. A estrutura dos desses oligossacarídeos imita carboidratos de superfície dos locais de ligação ao receptor no epitélio. Entao patógenos se ligam à eles ao inves de se ligar a receptores epiteliais, e são excretadas nas fezes.
  • Mais de 200 desses oligossacarídeos foram identificadas no leite materno humano, podendo variar de um indivíduo para outro com base em fatores genéticos.
  • Até recentemente, esses oligossacarídeos não estavam presentes nas fórmulas infantis. Dois desses oligossacarídeos, 2‘-fucosilactose (2′FL) e lacto-N-neotetraose (LNnT), estão agora disponíveis comercialmente. Destes, o 2′FL é o oligossacarideo mais abundante no leite materno. Alguns produtos comerciais com 2′FL estão disponíveis.
  • Ensaios clínicos multicêntricos demonstraram segurança, tolerabilidade e crescimento comparável em bebês alimentados com fórmula com esses oligossacarídeos, em comparação com bebês alimentados com outras fórmulas exclusiva baseada em proteína do leite de vaca. Os bebês alimentados essas fórmula contendo esses oligossacarídeos do leite humano apresentaram relatos dos pais de fezes mais macias, menor frequencia de despertar noturno e menos episódios de bronquite.
  • Em resumo, “Não existe leite fraco“. O leite materno é o melhor alimento para lactentes!

 

REFERENCIAS:

  • Donovan S, Comstock S. Human milk oligosaccharides influence neonatal mucosal and systemic immunity. Ann Nutr Metab. 2016;69(suppl 2):42-51.
  • Puccio G, Alliet P, Cajozzo C, et al. Effects of infant formula with human milk oligosaccharides on growth and morbidity: a randomized multicenter trial. J Pediatr Gastroenterol Nutr. 2017;64(4):624-631.
————————————————————————————————————————————
“DISCLAIMER”/ aviso legal: o objetivo dessa página é compartilhar conhecimento médico, visando um público alvo de médicos, pediatras, gastroenterologistas pediátricos, estudantes de medicina. Os conteúdos refletem o conhecimento do tempo da publicação e estão sujeitos a interpretação da autora em temas que permanecem controversos.
A linguagem é composta de linguagem/jargões médicos, uma vez que não visa o público de pacientes ou pais de pacientes. O conteúdo dessa página não pode  substituir uma consulta médica.
As indicações e posologia de medicamentos podem mudar com o tempo, assim como algumas apresentações ou drogas podem ser retiradas do mercado.
Em caso de dúvida relacionada ao conteúdo ou se algum dado incorreto foi identificado, entre em contato!